Gastronomia, Nova York, Restaurantes, Viagens

Vinhos de Paris em NY!

Li num site americano algo bem interessante. Li que os nova-iorquinos devem agradecer à França pela Estátua da Liberdade, os macarrons e o movimentado bar de vinhos, o La Compagnie des Vins Surnaturels, da filial do winebar de Paris. Ela abriu as portas, há pouco tempo, em Little Italy, em NY. A carta de vinhos é perfeita! Tem comida também.

compagnie de vins surnaturels - new york, ny

Se eu entendi direito, lá se encontram cerca de 600 garrafas. Bastante coisa para um bar, não?! Mas como o próprio nome representa, o vinho é o “cara” do lugar. As sugestões são vinhos do Vale do Loire (La Vallée du Loire), de Bordeaux e Borgonha. Particularmente, destaco os de Chinon, produzidos em Chinon, no Loire. Lá existem pequenos lotes também da Eslovênia e Marrocos.

Outra sugestão? Preste atenção na trilha sonora.

La Compagnie des Vins Surnaturels
www.compagnienyc.com
Endereço: 249 Centre St, New York, NY 10013, Estados Unidos
image

 

 

fonte: http://www.timeout.com/
imagens:
http://media.timeout.com/
http://www.bbook.com/

Gastronomia, Outros, Restaurantes, São Paulo, Viagens

Da série: sem glúten em SP!

Da série estabelecimentos sem glúten em São Paulo, colocamos abaixo alguns lugares para você conhecer se tem alguma intolerância a glúten ou simplesmente se te m curiosidade. Na próxima segunda-feira, colocarei mais outros restaurante para você incluir na sua lista. Essas dicas foram elaboradas pelo blog São Paulo para Curiosos.

Além do Natural

A loja recebe produtos de 50 fornecedoras diferentes (nacionais e internacionais). Os pães (R$ 15,00) e as bolachas (R$ 14,50) são alguns dos produtos mais vendidos. “Em cinco anos, a demanda aumentou cerca de 60%”.

http://www.alemdonatural.com.br/
Rua Dr. Luiz Migliano, 1110, Morumbi, Loja 10
Tel. 3739 4945
Seg. a sex., das 9h às 19h; sáb., das 9h às 13h

A Tal da Pizza

Passou a produzir massa sem glúten depois que um amigo celíaco de Miriam Freitas, sócio-fundadora do restaurante, pediu que ela encontrasse uma alternativa para seu problema. Há dois anos, ela serve – pelo mesmo valor da massa tradicional – pizzas à base de amido de milho. “É um pouco quebradiça, não tão crocante quanto a original”, confessa Miriam. “Mas é uma das únicas formas de não excluir os celíacos da pizzaria”.

http://www.ataldapizza.com.br/
Rua Dr. Mário Ferraz, 351, Itaim Bibi
Tel. (11) 3079-3599
Seg. a qui., das 19h à 0h; sex. e sáb., das 19h à 1h; dom., das 18h à 0h

foto-galeria-materia-620-141b

Beato Restaurante

O  Beato Restaurante inaugurou o Menu Funcional, destinado aos clientes que não podem ingerir glúten e lactose. O menu, que conta com duas entradas, dois pratos principais e duas sobremesas, foi desenvolvido pelo chef  Thiago Koch em parceria com a nutricionista Marília Cremonezi.

http://www.beatorestaurante.com.br/#!inicio/mainPage
Rua dos Pinheiros, 174, Pinheiros
Tel. 2538-8107 / 2538-8105
seg. a sex.; 12h às 15h30 e 19h30 às 23h30, sáb.; 12h30 às 17h e 20h às 00h30, dom.; 12h às 17h

12144385

Buttina

O restaurante incluiu em 2013 dois pratos sem glúten em seu cardápio. A iniciativa foi da chef  Filomena Chiarella, que desenvolveu o Penne con le zucchine e limone (R$ 38) – abobrinha, limão siciliano, hortelã e amêndoas – e o Spaghetti rucola e pomodori secchi (R$ 37) – ao alho e óleo com rúcula e tomate seco. A demanda pelos pratos surpreendeu os administradores do restaurante, que passaram a oferecer também massas integrais e sobremesa diet.

http://www.buttina.com.br/
Rua João Moura, 976, Jardim Paulista
Tel. 3083-5991 / 3088-6840
Ter. a sex., das 12h às 14h30 e  das 20h às 23h30; sex., das 12h às 14h30 e das 20h à 0h30; sáb., das 13h à 0h30; dom. e feriados, das 13h às 17h

but

Nello’s

Fundada em 1974, a cantina Nello’s também aderiu aos produtos sem glúten. A massa do espaguete sem glúten pode ser feita de milho (mais amarelada comparada à comum) ou arroz (mais clara, em relação à massa tradicional). A diferença de preço entre as massas é pequena. A tradicional sai por R$ 26 e a sem glúten, por R$ 28.

http://www.nellos.com.br/
Rua Antonio Bicudo, 97, Pinheiros (Unidade 1)
Tel. (11) 3082.4365
Ter. a qui., 12h às 15h e 19h às 24h; sex., 12h às 15h e 19h à 1h; sáb., 12h às 16h e 19h à 1h e dom., 12h às 17h e 19h às 23h

nellos-01

Diaita

A loja foi inaugurada em 2011, após muitos testes gastronômicos. Todos os produtos do local são fabricados com proteína vegetal, fibras, carboidrato integral e biomassa de banana verde. Portanto, não possuem glúten, leite e derivados. Entre as guloseimas que a padaria oferece, destacam-se o mini-panetone de chocolate (R$ 19,40), o pão de feijão preto (R$ 17,60) e o grissinis de café com cobertura de chocolate (R$ 6,80).

http://www.diaita.com.br/
Rua Padre Luciano, 122, Jardim França
Tel. 2548-7550
Seg. a sex., das 7h às 20h; sáb. e feriados, das 9h às 19h

padaria

fonte: http://spcuriosos.com.br/
imagens:
http://imgms.viajeaqui.abril.com.br

http://imguol.com/

http://f.i.uol.com.br/

http://www.baressp.com.br/

 

Gastronomia, receitas

Pizza de berinjela light!

Recomendo demais a receita de pizza de berinjela. É fácil de fazer e rende seis porções de 41,3 kcal cada. E o melhor de tudo é que este prato sacia a fome.

foto

Pizza de Berinjela

- 1 berinjela cortada em lâminas no sentido do comprimento;

- 5 fatias de peito de peru;

- 5 fatias de tomate;

- 1 clara de ovo para pincelar;

- sal, pimenta e orégano a gosto.

Modo de preparo

Em uma frigideira, grelhe as fatias de berinjela até ficarem douradas.

Monte-as em forma de pizza, sobrepondo as pontas.

Pincele com clara de ovo para colar as lâminas.

Tempere com sal e pimenta.

Para a cobertura, coloque as fatias de peito de peru.

Em seguida, distribua rodelas de tomate.

Salpique orégano.

Leve ao forno a 180° por 15 minutos.

fonte e imagem: instagram receitas_lights

Gastronomia, Hotel, Nova York, Restaurantes, Viagens

Mandarin de NY e a vista deslumbrante!

Ao oferecer uma vista de cima da cidade, o Mandarin Oriental, New York é um hotel de muito luxo.  Pense na emoção: abrir a janela do quarto e assistir à um cenário deslumbrante e vistas incríveis de Manhattan. A sugestão é a suíte 5000, no 50° andar com vista para a cidade, ideal para um grupo de amigas, pois tem sala de jantar e serviço customizado. É muito luxo, hein?!

mandarin-oriental11

O sofisticado restaurante do Mandarin, localizado no último andar no hotel, além da vista maravilhosa, oferece gastronomia excelente e carta de vinhos bem completa. O atendimento é ótimo, com garçons bem atenciosos.

hotel-mandarin-oriental-lounge-bar_121

O hotel é mesmo muito requintando e bem localizado: só à 5 minutos do Central Park. Tudo perfeito!

Mandarin Oriental, New York
site clique aqui
Endereço: 80 Columbus Circle, The Shops at Columbus Circle, W 60th St, New York, NY 10023, Estados Unidos
Telefone: +1 212-805-8800

hotel-mandarin-oriental-asiate-conexao-mundo-restaurante-mesas-central-park-vista

fonte: tripadvisor
imagens:
http://mascola.com/
https://photo1.hotelsclick.com/
http://conexaomundo.com.br

Gastronomia, Outros, Saúde

O sal mais puro do planeta!

O sal considerado mais puro do planeta é o sal rosa do Himalaia. É muito mais que um sal para colocar na mesa e servir na salada, pois ele possui muitos benefícios, além de ter alta concentração de minerais  na composição.

É o mais puro, pois há cerca de 200 milhões de anos, existiam camas cristalizadas de sal que foram cobertas com lava. E mantidas nesse ambiente intocado e cercado por neve e gelo durante anos, o que significa que o sal foi protegido da poluição moderna.

nati-vozza-sal-himalaia

Este sal contém os mesmos 84 minerais e elementos que são encontrados no corpo humano, que por si só é bastante impressionante! Alguns destes minerais incluem: o cloreto de sódio, sulfato de cálcio, potássio e magnésio. Ao utilizar este sal, na verdade você está recebendo menos ingestão de sódio por porção do que o sal de mesa regular, porque é menos refinado e as peças são maiores. Portanto o sal do Himalaia tem menos sódio por porção, porque os cristais ou flocos ocupam menos espaço do que o sal de mesa que é uma variedade altamente processada. Outra coisa legal sobre este sal é que por causa da estrutura celular ele armazena energia vibracional. Os minerais deste sal existem na forma coloidal, o que significa que eles são pequenos o suficiente para as nossas células para os absorver facilmente.

Alguns dos benefícios ao consumir este sal no lugar do sal de mesa regular incluem:

  • Auxilia na saúde vascular;
  • Ajuda pulmões saudáveis e função respiratória;
  • Promove o equilíbrio do pH estável dentro das células;
  • Reduz os sinais de envelhecimento;
  • Promove padrões de sono saudável;
  • Aumenta a libido;
  • Previne cãibras musculares;
  • Aumenta a hidratação;
  • Fortalece os ossos;
  • Reduz a pressão arterial;
  • Melhora a circulação;
  • Desintoxica o corpo de metais pesados.

1404820260_2

fonte: http://essentialnutrition.com.br/
imagens:
http://www.glam4you.com/
http://www.ekosul.net.br/

Gastronomia, receitas

Couve-flor picante para acelerar o metabolismo!

Adoro ingredientes funcionais! A couve-flor, por exemplo, é poderosa aliada nos cardápios lights. Acompanhada com molho de pimenta então, ela se transforma num excelente prato termogênico.

A couve-flor tem glicosinolatos e tiocianatos (incluindo sulforafano e isotiocianato), compostos que aumentam a capacidade do fígado de neutralizar substâncias potencialmente tóxicas. Muitas enzimas encontradas na couve-flor também contribuem para assegurar o efeito detox.

Abaixo uma versão picante. Cada grama de pimenta queima 45 calorias. A receita rende quatro porções, com 117 calorias cada.

couve-flor-picante

Ingredientes

1 couve-flor média em pedaços pequenos
½ xícara (chá) de farinha de grão de bico
½ xícara (chá) de água
1 colher (chá) de alho em pó
½ colher (chá) de sal
1 colher (chá) de margarina light derretida
2/3 xícara (chá) de molho de pimenta

Modo de preparo

Preaqueça o forno a 230ºC.
Em um bowl, misture a farinha, a água, o alho em pó e o sal até ficar homogêneo.
Coloque a couve-flor nessa massa, envolvendo-a completamente na mistura.
Unte uma assadeira antiaderente com óleo em spray.
Em seguida, arrume a couve-flor e asse por 15 minutos.
Durante o cozimento, vire a couve-flor para dourar por igual.
Enquanto isso, misture a margarina derretida e o molho de pimenta.
Retire a couve-flor do forno, mergulhe no molho misturado à margarina.
Volte ao forno por mais 25 minutos, até ficar crocante.
Retire deixe esfriar por 15 minutos e sirva.

 

fonte e imagem: http://luciliadiniz.com

Gastronomia, receitas

Maçã termogênica!

Uma das principais características da cozinha contemporânea é a mistura de doce com o picante. E isso é bacana, pois resulta num prato termogênico na medida certa. A receita a seguir é a de um purê de maçã termogênico.

Embora para muitos, a mistura pareça incoerente, é na boca que os contrários se complementam. Esta é exatamente a ideia por trás deste purê de maçã com molho picante. Além de render assunto à mesa, a combinação vale mesmo é pelo seu efeito funcional.

Afinal, adicionar ao prato o poder termogênico que encontramos nas pimentas é sempre uma vantagem para quem quer estimular o metabolismo a queimar mais calorias.Com sua textura cremosa, ele pode ser servido como uma entrada ou acompanhamento de grelhados de carne branca, como frango ou peixe. Ou, ainda, como molho para sua salada preferida.

Quanto ao valor calórico, não há preocupação com limites. A receita rende cinco porções, com apenas 51,86 Kcal cada.

pure-de-maca-com-molho-picante

Ingredientes

Molho

1 pote de iogurte desnatado
1 pitada de sal e pimenta do reino
2 colheres (chá) de mostarda
1 punhado de manjericão (ou outras ervas frescas da sua preferência)
1 dente de alho
Pimenta caiena a gosto
2 colheres (sopa) de vinagre (maçã ou vinho) ou suco de limão
Sugestão: raspe um pouco da casca de limão no molho

Purê

2 maçãs sem casca
2 anises estrelados
½ xícara de água
1 pitada de sal

Modo de preparo

Molho

Bata tudo no liquidificador por cerca de 30 segundos.
Sirva com purê de maçã.

Purê

Aqueça uma panela com a água em fogo baixo.
Coloque as maçãs descascadas.
Junte o anis estrelado e cozinhe por 15 minutos.
Após este período, bata tudo no liquidificador até obter um purê.
Tempere com a pitada de sal.
Sirva em seguida com molho.

pure-de-maca-com-molho-picante-na-mesa

fonte e imagens: http://luciliadiniz.com/

Gastronomia, São Paulo, Viagens

Dicas de compras no Eataly!

Lembra do post sobre o Eataly que publicamos aqui? Só para lembrar, é o paraíso dos “gourmets” inaugurado em São Paulo. É o primeiro Eataly da América Latina em São Paulo, uma espécie de mercado com as melhores especialidades italiana. Como é um lugar que dá vontade de comprar tudo, abaixo uma seleção para você não se perder por lá. A dica é de Vanessa Mathias.

eataly3

1 – SPUMA ITALIANA

Spuma é como se fosse um refrigerante feito para adultos. As garrafinhas são lindas, e você pode depois colocar uma bonita flor. Experimente  a Spuma Nero.

IMG_0030-1024x768

2- RAVIOLI DE FUNGHI

Feita na hora, massas levinhas,  testada em casa e aprovada. Sai R$ 3,80 100gramas do ravióli de verdura, mas aposte no triângulo de funghi, R$ 6,80. Conte 150 gramas por pessoa de estômago normal, e cozinhe 3 minutos. 3 mesmo, não vai estragar a massa que o moço fez com tanto carinho. Vai bem com o molho de tomate com manjericão Riolfi (que fica lá embaixo) a R$ 22,00.

2015-05-18-21_25_46-1024x768

3- MOZZARELA DE BÚFALA DEFUMADA

A mozzarela de búfala é feita lá mesmo.  Experimente a mozzarela de búfala defumada no soro. É um sabor bem diferente de qualquer outro queijo. Uma bolinha considerável custa menos de R$ 8,00.  Aliás, tudo no quesito ‘queijos’ é incrível lá… levar um pedacinho do reggiano é outra ótima pedida (R$ 17,00).

4. FRUTAS EXÓTICAS

Vale ir na seção de frutas exóticas para fazer degustações.  O moço simpático dá palitinhos de coisas que você nunca-viu-mais-gorda. Lá tem o melhor cacho de uva da vida de muita gente! Então, R$ 22,00 (ouch) no melhor cacho de uva da sua vida.

2015-05-18-21_06_21-1024x768

5. COGUMELOS A GRANEL

Escolher cogumelos igual na Europa é no Eataly. Bem melhor do que comprar bandejinhas já prontas em supermercados. Lá tem todas aquelas variedades que dá vontade de experimentar, e melhor, escolhe quanto quiser. Aquele pequeno prazer de pegar com a mão cheia um punhado de cogumelos para chamar de seu.

2015-05-18-21_05_57-2-1024x768

6. PIZZA NO LA PIZZA

Isso aí abaixo é pizza de verdade: massa, tomate, um pouco de recheio. À lá italiana, R$ 25,00. A outra opção é o nhoque al formaggio (R$39,00), no La Pasta.

IMG_0023-1024x768

7. BISTECA NO BRACE BAR E GIGLIA

O mais bonito dos restaurantes aposta em tudo que vai na brasa. Especialistas em carne disseram que a Bisteca Fiorentina, que vem com polenta cremosa, vagem e batata é imbatível.

bracia

8. GELATO DE PISTACHE

De pistache. Mas eu, particularmente, gosto do tiramissu e do chocolate meio amargo. Sem dúvida alguma, é no Il Gelato di Venchi, onde estão os melhores sorvetes do mundo.

venchi

9. CAFÉ NO LAVAZZA

Bom, Itália, café, café, Itália. Pertinho da porta, o Lavazza (leva para casa um pacotinho, sério).

10. TIRAMISSU NO COPINHO

No Shut up and take my Money.  R$ 12,00.

IMG_0026-1024x768

fonte e imagens: http://chickenorpasta.com.br/

Gastronomia, Outros, receitas

Pizza caseira fit!

Pizza é sempre uma boa pedida! Se for FIT então, melhor ainda. Comer bem, com calorias reduzidas e ainda de forma funcional. Muito bom! Veja abaixo como fazer a pizza caseira FIT.

fotoIngredientes

- 1 ovo;
– 2 colheres (sopa) de requeijão light ou zero;
– 4 colheres (sopa) de leite em pó desnatado;
– 2 colheres (sopa) de amido de milho;
– 1/2 colher (chá) de fermento em pó.

Bater bem o ovo. Depois acrescente os outros ingredientes. Coloque no forno já quente e asse por 10 minutos em fogo médio (180 graus). Retire do forno e só então coloque o recheio: mussarela light (ou sem lactose, se tiver intolerância), peito de peru ou qualquer outro recheio. Depois devolva ao forno e deixe lá até o queijo derreter. Uma ideia é rechear com carne moída também, como na foto.

fonte e imagem: receitasbasicas_fit (instagram)

Gastronomia, receitas

Basmati, o príncipe dos arrozes!

Que tal mudar o arroz nosso de cada dia? O basmati é uma variedade muito bem-vinda à mesa de quem busca perder peso. Com baixo índice glicêmico e sabor delicado, ele vem para saciar e satisfazer o paladar, através de uma aromática receita. Ele é chamado de “príncipe dos arrozes”.

Também conhecido como arroz indiano, o basmati tem alta concentração de magnésio, proteínas, vitaminas E e B, fibra, potássio e fósforo. Outra de suas qualidade é garantir uma rápida digestão, sendo altamente nutritivo para os tecidos do corpo.

Famoso por seu aroma adocicado, os grãos deste tipo são mais longos e contêm menos amido que o arroz tradicional – e tendem a ficar ainda mais compridos quando cozidos.

Para aproveitar os benefícios, nada como prepará-lo seguindo a tradição da culinária indiana, com condimentos e perfumes característicos desta gastronomia étnica.

A receita a seguir rende seis porções, com 161 calorias cada.

arroz-oriental

Ingredientes

1 xícara (chá) de arroz basmati
1 ½ xícaras (chá) de água fria
1 colher (chá) de sementes de mostarda
3 colheres (sopa) de suco de limão siciliano
2 colheres (sopa) de coentro fresco picado
1 pimenta jalapeño sem sementes picada
¼ colher (chá) de açafrão
¼ colher (chá) de sal

Modo de preparo

Lave bem o arroz com água.
Em seguida, coloque-o em uma panela.
Cubra com a água fria e deixe de molho por 30 minutos.
Leve para ferver em fogo médio-alto.
Cozinhe em panela destampada.
Mexa de vez em quando, até que parte da água evapore (cerca de seis minutos).
Tampe a panela, abaixe o fogo e cozinhe por cinco minutos.
Retire do fogo e deixe em repouso por cinco minutos.
Enquanto isso, numa frigideira pequena, ponha as sementes de mostarda.
Ligue o fogo médio-alto e aguarde as sementes começarem a estourar.
Retire do fogo, acrescente o suco de limão.
Junte o coentro, a pimenta, o açafrão e o sal.
Adicione a mistura ao arroz cozido e misture bem.
Sirva em seguida.

fonte e imagem: http://luciliadiniz.com/