Gastronomia, Outros, Restaurantes, São Paulo, Viagens

Da série: sem glúten em SP!

Na última segunda-feira, colocamos aqui alguns estabelecimentos e restaurantes que se especializaram em produtos sem glúten. Nem todos são exclusivamente para celíacos, ou seja, atendem os dois públicos: aos que podem e não podem com este tipo de alimento. Essas dicas foram elaboradas pelo blog São Paulo para Curiosos

Sem Glúten Marilis

A empresa fornece 40 produtos diferentes sem glúten, como: pizzas (R$ 17), doces (R$ 4), misturas para bolos (R$ 8) e pães (24).

http://www.marilis.com.br/marilis/
Rua Cachoeira, 623M, Belém
Tel. 2692-6244
Seg. a sex., das 9h às 17h; sáb., das 9h às 12h3o

836267e4-fdb7-4c2d-972f-a6db97ca9184_rez_med

Maria Gula

Inaugurada há quatro anos, a pizzaria Maria Gula contou com a insistência de uma cliente celíaca para incorporar massa sem glúten ao cardápio da casa. “Demorou até conseguirmos elaborar algo parecido com a tradicional massa de pizza”, confessa a proprietária Ana Luiza Notari. As redondas sem glúten, que estrearam sete meses atrás, são feitas a partir de uma mistura de fécula de arroz, batata e mandioca. Clientes com restrições alimentares devem fazer a reserva da pizza especial. A casa cobra uma taxa adicional de R$ 10 pela receita alternativa. Sob encomenda, Ana Luiza também produz cupcakes e bolos sem farinha de trigo.

http://www.mariagula.com.br/
Rua Carlos Weber, 606, V. Leopoldina
Tel. (11) 3641-2511
Seg., das 11h30 às 15h; ter. a sáb., das 11h30 às 15h e das 19h às 23h30; dom., das 19h às 23h30

Mariagula

Nininha Sigrist

O ateliê de doces e bolos Nininha Sigrist oferece há um ano bolo de linhaça sem glúten. A farinha utilizada pela casa custa cerca de 30% a mais do que a farinha de trigo tradicional. A receita também substitui o açúcar e o ovo por mel e linhaça, respectivamente. O bolo sem glúten custa entre R$ 250 e R$500, e deve ser encomendado com dois dias de antecedência.

http://www.nininhasigrist.com.br/
Rua Quitaduba, 168, Sumaré
Tel. 3726-2000
vendas@nininhasigrist.com.br

CA-nininha4

Restaurante Ráscal

Há dois anos, a casa apresenta os “pratos glúten free”. Servidas todos os dias, as massas de macarrão penne e spaghetti sem glúten fazem parte do buffet do restaurante  (R$ 63 por pessoa).  

http://www.rascal.com.br/home.html
Alameda Santos, 870, Cerqueira César
Tel. 3141-0692
Seg. a qui., das 12h às 15h15 e das 19h às 22h15; sex., das 19h às 22h15; sáb., das 12h às 17h15 e das 19h às 23h15; dom. e feriados, das 12h às 17h15

rascal

Sala Vip 

São cerca de 70 sabores de coberturas que podem ser combinados com a massa sem glúten, a um custo R$ 3 mais caro do que o das pizzas tradicionais.  Das 13 pizzarias da rede em São Paulo, a unidade dos Jardins é onde as redondas sem glúten fazem mais sucesso. O restaurante oferece em seu cardápio também o Gnocchi de Mandioquinha com Tomate Fresco al Limone (R$ 36) – sem glúten.

http://www.salavippizzaria.com.br/
Alameda Lorena, 722, Jardins (somente delivery)
Tel. 3052-2222
Ter. a dom., das 18h à 0h

11314336

Santo Bolo

A confeitaria foi inaugurada há cerca de um ano. Mas os produtos sem glúten devem ser encomendados com um dia de antecedência. O estabelecimento oferece o bolo sabor Flocão de Milho sem glúten (R$ 25), o de Fécula de Batata com Calda de Laranja (R$ 50,00), entre outros sabores.

http://santobolodoceria.com.br/novo/index.html
Rua Bruxelas, 64, Sumaré
Tel. (11) 675-1464
Seg. a sexta das 10h às 19h e sáb e dom. das 10h às 18h

122011024

 

fonte: http://spcuriosos.com.br/
imagens:
http://www.tudotemos.com/

http://www.baressp.com.br

http://www.carolinaaugusta.com.br/

http://www.buscabairros.com.br/

http://f.i.uol.com.br/guia/

Gastronomia, Outros, Restaurantes, São Paulo, Viagens

Da série: sem glúten em SP!

Da série estabelecimentos sem glúten em São Paulo, colocamos abaixo alguns lugares para você conhecer se tem alguma intolerância a glúten ou simplesmente se te m curiosidade. Na próxima segunda-feira, colocarei mais outros restaurante para você incluir na sua lista. Essas dicas foram elaboradas pelo blog São Paulo para Curiosos.

Além do Natural

A loja recebe produtos de 50 fornecedoras diferentes (nacionais e internacionais). Os pães (R$ 15,00) e as bolachas (R$ 14,50) são alguns dos produtos mais vendidos. “Em cinco anos, a demanda aumentou cerca de 60%”.

http://www.alemdonatural.com.br/
Rua Dr. Luiz Migliano, 1110, Morumbi, Loja 10
Tel. 3739 4945
Seg. a sex., das 9h às 19h; sáb., das 9h às 13h

A Tal da Pizza

Passou a produzir massa sem glúten depois que um amigo celíaco de Miriam Freitas, sócio-fundadora do restaurante, pediu que ela encontrasse uma alternativa para seu problema. Há dois anos, ela serve – pelo mesmo valor da massa tradicional – pizzas à base de amido de milho. “É um pouco quebradiça, não tão crocante quanto a original”, confessa Miriam. “Mas é uma das únicas formas de não excluir os celíacos da pizzaria”.

http://www.ataldapizza.com.br/
Rua Dr. Mário Ferraz, 351, Itaim Bibi
Tel. (11) 3079-3599
Seg. a qui., das 19h à 0h; sex. e sáb., das 19h à 1h; dom., das 18h à 0h

foto-galeria-materia-620-141b

Beato Restaurante

O  Beato Restaurante inaugurou o Menu Funcional, destinado aos clientes que não podem ingerir glúten e lactose. O menu, que conta com duas entradas, dois pratos principais e duas sobremesas, foi desenvolvido pelo chef  Thiago Koch em parceria com a nutricionista Marília Cremonezi.

http://www.beatorestaurante.com.br/#!inicio/mainPage
Rua dos Pinheiros, 174, Pinheiros
Tel. 2538-8107 / 2538-8105
seg. a sex.; 12h às 15h30 e 19h30 às 23h30, sáb.; 12h30 às 17h e 20h às 00h30, dom.; 12h às 17h

12144385

Buttina

O restaurante incluiu em 2013 dois pratos sem glúten em seu cardápio. A iniciativa foi da chef  Filomena Chiarella, que desenvolveu o Penne con le zucchine e limone (R$ 38) – abobrinha, limão siciliano, hortelã e amêndoas – e o Spaghetti rucola e pomodori secchi (R$ 37) – ao alho e óleo com rúcula e tomate seco. A demanda pelos pratos surpreendeu os administradores do restaurante, que passaram a oferecer também massas integrais e sobremesa diet.

http://www.buttina.com.br/
Rua João Moura, 976, Jardim Paulista
Tel. 3083-5991 / 3088-6840
Ter. a sex., das 12h às 14h30 e  das 20h às 23h30; sex., das 12h às 14h30 e das 20h à 0h30; sáb., das 13h à 0h30; dom. e feriados, das 13h às 17h

but

Nello’s

Fundada em 1974, a cantina Nello’s também aderiu aos produtos sem glúten. A massa do espaguete sem glúten pode ser feita de milho (mais amarelada comparada à comum) ou arroz (mais clara, em relação à massa tradicional). A diferença de preço entre as massas é pequena. A tradicional sai por R$ 26 e a sem glúten, por R$ 28.

http://www.nellos.com.br/
Rua Antonio Bicudo, 97, Pinheiros (Unidade 1)
Tel. (11) 3082.4365
Ter. a qui., 12h às 15h e 19h às 24h; sex., 12h às 15h e 19h à 1h; sáb., 12h às 16h e 19h à 1h e dom., 12h às 17h e 19h às 23h

nellos-01

Diaita

A loja foi inaugurada em 2011, após muitos testes gastronômicos. Todos os produtos do local são fabricados com proteína vegetal, fibras, carboidrato integral e biomassa de banana verde. Portanto, não possuem glúten, leite e derivados. Entre as guloseimas que a padaria oferece, destacam-se o mini-panetone de chocolate (R$ 19,40), o pão de feijão preto (R$ 17,60) e o grissinis de café com cobertura de chocolate (R$ 6,80).

http://www.diaita.com.br/
Rua Padre Luciano, 122, Jardim França
Tel. 2548-7550
Seg. a sex., das 7h às 20h; sáb. e feriados, das 9h às 19h

padaria

fonte: http://spcuriosos.com.br/
imagens:
http://imgms.viajeaqui.abril.com.br

http://imguol.com/

http://f.i.uol.com.br/

http://www.baressp.com.br/

 

Gastronomia, Restaurantes, São Paulo, Viagens

Confeitaria sem lactose e sem glúten em SP!

O paraíso dos veganas, intolerantes à lactose e glúten ou que gostam de comer bem e de forma saudável. Sim, esse lugar existe. É o Lilóri, no Jardins, em São Paulo. Nesta confeitaria, não entra glúten, nem lactose e nem proteínas de soja. Lá saem fornadas diárias de pães “permitidos”, brownies e cookies do bem.

www.tbfoto.com.br LILORI - SP/SP - 16/08/2014 Foto: Tadeu Brunel

O lugar é lindo! Bom para tomar café da manhã, almocinhos, lanche. O que acho interessante é que  o cardápio tem alimentos com biomassa de banana verde (coisa rara!). O atendimento é de primeira, como o clima também: os funcionários trabalham felizes.

o

Dizem que o sanduíche vegano com ciabata de linhaça recheado com abobrinha, tomate e castanha e acompanhado de salada de alface e cenoura é ótimo. O pão também é delicioso e crocante! Para sobremesa, acho que vai bem o brigadeiro e beijinho veganos.

Lilóri
http://www.lilori.com.br/
Rua Peixoto Gomide, 1486 – Jardim Paulista, São Paulo
(11) 3068-8061

 

o.jpg-

fonte: http://www.tripadvisor.com.br/
imagens:
http://wikilicias.com.br/
http://s3-media3.fl.yelpcdn.com/

Gastronomia, Outros, Restaurantes, São Paulo, Viagens

Manioca Iguatemi, o novo restaurante do Maní!

Este é o ano da expansão do famoso e renomado Maní: menos de 4 meses após ter inaugurado a Padoca do Mani, Daniel Redondo e Helena Rizzo inauguraram o Manioca Iguatemi, nos fundos da Livraria Cultura, no shopping Iguatemi, em São Paulo, um combinado de café e restaurante. O novo estabelecimento começou a funcionar em março. E não há como fazer reserva. O jeito é tentar a sorte!

ManiManioca-por-Vitor-Penha-60

Logo de cara, o restaurante já impacta: pé direito alto, abundância de plantas e luz natural, muita madeira claras e vidro, almofadas de crochê. Lindo. Outra coisa que se nota rapidinho: as filas. Chegou depois das 12hs? Provavelmente encarará cerca de 40 minutos de espera – chatice minimizada pelo café Manioca, uma espécie de antessala do restaurante, que fica aberto durante todo o dia.

Manioca-Iguatemi-hamburguer-da-casa

As opções são uma mistura dos petiscos do Maní com o menu da Padoca: crocantes bolinhos de quinoa com curry e  geleia de aipo, ovo perfeito com espuma de pupunha, Bolinhos de tapioca com carne seca e requeijãoSalada 10 grãos com abóbora, tomate, frango e hortelãQueijo quente, Cuca, quindim e bolo do dia e boas empadinhas.

Ouvi dizer que uma sobremesa muito boa são as duas camadas de bolo de chocolate leve e macio entremeadas por brigadeiro cremoso e acompanhadas por uma bola de sorvete de leite ninho. Dizem que é o melhor da cidade.

Restaurante Manioca Iguatemi
http://www.manimanioca.com.br/blog/
Av. Brig. Faria Lima, 2.232, Jardim Paulistano

manioca_3

fontes:
http://gastrolandia.com.br/

http://vejasp.abril.com.br/

imagens:
http://www.eatinerario.com/
http://vejasp.abril.com.br/
http://gastrolandia.com.br/

Gastronomia, Restaurantes, São Paulo, Viagens

Na “onda” do hamburguer em SP!

Quer comer um legítimo hambúrguer? Então corra para o Beach Burger, na Cerqueira César, em Sampa. Abriu as portas há pouco menos de dois meses, mas já está bombando na capital paulista. O lugar é maravilhoso, a decoração é super bacana e mistura uma série de elementos mais praianos e descolados. Do lado de fora, quem passa por lá não deixa de notar o restaurante todo envidraçado, que chama a atenção tanto por fora quanto por dentro, com elementos praianos, muito descolado e interessante.

863925
O menu da casa é bem variado, você pode escolher entre tapas, massas, saladas e sanduíches. Dizem que a porção de mini-hambúrgueres é uma ótima opção, se a fome não for grande. Caso contrário, vá com fé no sanduíche. Para beber, que tal um chá gelado da casa que tem hortelã?

beach-burger-pedidos-655x655

Outra dica é a cerveja Vedett e as fritas rústicas, para começar. Aliás, o Beach Burger tem uma boa variedade de cervejas especiais, além dos sanduíches.

Beach Burger
Alameda Lorena, 1420 – Cerqueira César, SP

(11) 2628-7511

ls

fonte:
 http://www.yelp.com.br/
imagens:
 http://s3-media4.fl.yelpcdn.com/
 http://www.coisasdocesdavida.com
 http://1.kekantoimg.com/
Bares, São Paulo, Viagens

Uma proposta diferente de Bar!

Bar Balsa no centro de São Paulo é uma surpresa. É um espaço de encontros para amigos – e amigos dos amigos -, no alto de um prédio no vale do Anhangabaú. Fica fora do burburinho, mas é especial e vale muito a pena conhecer. O estabelecimento  ocupa dois andares de um prédio antigo. O primeiro pavimento é rodeado por janelas de vidro e um bar com drinks deliciosos. O segundo, um terraço imenso com vista para edifícios icônicos. A seleção musical é impecável. E a programação é divulgada no boca-a-boca ou no www.facebook.com.br/balsa26

BAR BALSA

Tudo começou quando o casal Renata Meinlschmiedt e Elohim Barros, em viagem à Rússia, se encantou com um café-bar no terraço de um prédio. No retorno, eles perceberam que em São Paulo não existia nenhum lugar parecido para passar uma tarde ensolarada com amigos. Como nunca quiseram ser donos de bar (do tipo que abre de terça a sábado para qualquer pessoa), eles criaram A Balsa. Segundo eles, é como se eles deixassem as pessoas usarem a casa deles para fazer um aniversário, jantares de gente que cozinha por prazer ou até curso de cultivo de cogumelos.

Bar Balsa
Rua Capitão Salomão, 26, Anhangabaú – São Paulo

estonia1

fontes:
http://br.covertimes.com/
http://www1.folha.uol.com.br/

imagens:
http://2.bp.blogspot.com/
http://www.societeperrier.com/

 

 

Outros

Fim de semana: Laces and Hair, SP.

Que tal tratar da saúde dos cabelos e ficar ainda mais bela? Esta é a minha dica para o final de semana. E o lugar ideal para isso é o “Laces and Hair”, que têm duas unidades, uma no bairro Morumbi e outra em Jardins, em São Paulo. O Instituto, fundado há 50 anos, por Mercedes Dios, é referência em tratamento de cabelos e possui métodos e técnicas particulares, diferente da proposta que é oferecidas nos diversos estabelecimentos do País. Lá, a sensibilidade aliada à utilização de ervas, flores e frutos tropicais resultam numa alquimia interessante e exclusiva que deixam os cabelos saudáveis e brilhantes. E sabe o que é melhor? Os produtos utilizados lá, além de serem perfeitos, respeitam a natureza acima de tudo.

Mercedes Dios afirma que o tratamento dos cabelos é muito mais que uma questão estética. E agora você deve estar na maior curiosidade para saber os tratamentos oferecidos, não é mesmo? É claro que vou citar alguns. A “Vela”, por exemplo, é um processo que ocorre por meio da chama da vela que cauteriza os fios do cabelo, e deixa passagem de nutrientes para o interior, retira as pontas duplas e a impermeabilização causada por processo de escovas progressivas e outras químicas.


O “Bordado”, outro procedimento, remove pontas duplas e danificadas, sem mexer no comprimento, corte ou volume. É indicado para cabelos quimicamente tratados (tintas, alisamento e outros). O “Tratamento com Aminoácidos” também é bacana, pois controla o pH do fio capilar, devolve os aminoácidos e proporciona toque e brilho aos fios. São muitos os tratamentos, clique aqui para ver! Ah, mas quero citar mais um: o “DNA Capilar”. Este consiste em diagnosticar a quantidade de fios e bulbos capilares por milímetro quadrado, além da espessura e a circulação sanguínea. É indicado para todas as idades, tem duração de quinze minutos e o cliente já sai com um diagnóstico completo e indicações de cuidados, produtos e tratamentos que devem ser realizados.

Meninas, a proposta é realmente muito diferente. Para se fazer as luzes, reflexos ou mechas, por exemplo, o “Laces and Hair” não utiliza papel alumínio, em respeito à natureza, e sim o método “Reflexo com Roll Meches”; que de forma sustentável deixa você linda por meio de processos criativos que utiliza várias cores ao mesmo tempo, menos química e não agride a saúde do cabelo.


Lá também existem os serviços de manicure, depilação, bronzeamento artificial, tratamento de pele e, claro, os produtos naturais e orgânicos que estão à venda, graças ao meu bom Deus. Tem shampoo de maça verde para cabelos oleosos na raiz; tem de maracujá que, além de acalmar, também cuida da oleosidade; tem o neutro, o de menta, o de pêssego. Veja mais aqui os “sabores” e aromas dos shampoos e dos cremes de tratamento.


E sabe o que achei interessante demais? O “Encanto da Lua” que consiste no seguinte: não cortar o cabelo na lua minguante, pois acreditam nas lendas (estórias) de que tal faze impede que o cabelo enfraqueça e pare de crescer. Legal, né?! Mas bem que nem é tão mito assim, o “Laces and Hair”, descobriu no curso do francês Djélani Maachi, que estuda, há 20 anos, a influência da lua nos cabelos, que a lua cheia, no horário de virada crescente para cheia, faz o cabelo crescer mais rápido que em dias normais, assim como influencia marés, plantações, nosso organismo, dentre outra milhões de manifestações. Legal, né?! Como lá, os profissionais são especialistas em couro cabeludo e o importante não é apenas crescer e sim fortalecer o fio, eles usam  técnicas exclusivas nesse dia, que aliás se transforma num evento. A cliente pode adquirir um pacote com direito a Tratamento de Multivitaminas, Limpeza do couro cabeludo, lavar, secar, e fazer aplicação de laser capilar, o que comprova se o cabelo cresceu, pois é feita uma marquinha bem perto da raiz para ser conferida 28 dias depois. Em média cresce 80% a mais do que em dias que não está sobre o efeito da influencia da lua cheia.

Gente, é ou não é um programão?

“PARA SE TRATAR DE SAÚDE DO CABELO, É NECESSÁRIO QUE O EQUILÍBRIO EMOCIONAL E ALIMENTAÇÃO ESTEJAM ADEQUADOS” (Mercedes Dios)

SERVIÇO:
Laces and Hair
site: http://www.lacesandhair.com.br/home.html
Av. Dr. Alberto de Oliveira Lima, 82
Morumbi, SP
11 3758-8028
11 3758-6203

Rua da consolação, 3149
Jardins
11 3062-8411
11 3062-8881

imagens:
www.lacesandhair.com.br
www.brupacifico.com.br
www.rcbeautystyle.com

Cultural, Gastronomia, Restaurantes, São Paulo, Viagens

Fim de semana: Café dos Prazeres, SP!

A dica desta semana é o ‘Café dos Prazeres” em São Paulo. É um lugar muito descolado, fruto de um sonho do renomado fotógrafo Luiz Tripolli. Cada detalhe do ambiente conta uma história. As fotografias na parede se misturam com frases de grandes autores.

O Café, inaugurado no final de agosto deste ano, foi instalado em uma espécie de miniteatro, e funciona como bar e casa de shows, com apresentações diárias, que vão desde performances de danças até  apresentações de música clássica. Tudo bem diferente…uma espécie de café com cabaré!


Com capacidade para 80 pessoas, o Café dos Prazeres funcionará de terça a sábado. A decoração também é assinada pelo próprio Tripolli. Nas paredes têm mais de 100 fotos feitas por ele de pessoas especiais na vida do renomado fotógrafo que se intercalam com textos, como poemas, letras de música e trechos de livros.

E sabem do melhor? Adorei esta parte do Café: no menu, nada de frituras (pedido do próprio fotógrafo). Maravilhoso isso! E quem conseguir uma mesa no disputado salão vai se deparar com um cardápio reduzido e inspirado na cozinha mediterrânea. Ao todo serão seis opções de entrada, seis pratos e quatro tipos de sobremesas.


Luiz Tripolli , “pai” do Café dos Prazeres


Da esq. pra direita: Fabio De Nigris(empresario), Xexeu Tripoli (empresario da indústria da moda e entretenimento) e Luiz Tripolli (50 anos de história na fotografia brasileira).

“Não importa se você esta sozinho ou acompanhado, se você é jovem ou mais velho…É um lugar para se inspirar, trocar idéias, viver experiências e fazer novas descobertas”. (frase retirada o site do Café)

SERVIÇO:

Café dos Prazeres
Al. Ministro Rocha Azevedo, 1101
Jardins – São Paulo – SP
tel: (11) 2649-3879
funcionamento: das 18h as 05h da manhã.
site oficial: http://www.cafedosprazeres.com.br/author/admin/


imagens:
societeperrier.com
site oficial
vip abril

fonte:
Terra.com.br
Vip abril

Gastronomia, São Paulo, Viagens

Fim de semana: gelateria em SP! #dica

Gente, descobri há duas semanas, em São Paulo, uma legítima gelateria italiana: Cuor di Crema. Está há pouco tempo no mercado, apenas 9 meses; e para a nossa alegria, a loja se expandirá pelo País.

Eles fazem o sorvete pelo método tradicional italiano e usam apenas o leite fresco pasteurizado por eles mesmo; selecionam os melhores ingredientes, e as frutas frescas, por exemplo, são colhidas em perfeito grau de maturação. Sabe o que adorei? A forma de armazenamento no “pozzetto” (veja foto abaixo). Parece sorvete em joia! É muito bonito, além de evitar a oxidação; pois o “pozzeto” é uma espécie de freezer especial para manter o gelato em condições ideias para o consumo.

Nem precisa dizer que os sabores são super finos, variados e diferentes, né?! Eu tomei o de chocolate ao leite e o de doce de leite jersey. Uma maravilha! E fiquei curiosa para experimentar o Zabaione, feito com um vinho de sobremesa, típico da Sicília.

Agora, vocês não tem noção do que eu vou escrever agora. Só indo lá mesmo! Na Cuor, existem duas fontes de chocolate em estado líquido. Pense! O chocolate, que é belga,  é utilizado para preencher cada casquinha. Daí, você escolhe entre a opção chocolate ao leite ou meio amargo.

By the way, a gelateria está concorrendo ao prêmio de melhor sorveteria pela Comer & Beber da revista Veja SP, em 2013. As votações são até o dia 20 de setembro. Quer votar? Clique aqui.

SERVIÇO:
Cuor di Crema
site: http://www.cuordicrema.com/
Rua Manuel Guedes, 349 Itaim / São Paulo
Tel: 11-3071.3147​

imagens:
Cuor di Crema
www.elisastecca.com.br
epocasaopaulo.globo.com

Gastronomia, Restaurantes, São Paulo, Viagens

Japão e Itália num restaurante só!

Oi pessoal! Está em São Paulo? Se estiver, tome nota desta dica quentíssima de restaurante japonês. É o Geiko-san, inaugurado na semana passada, na capital paulista. O estabelecimento, que faz parte da rede de trattorias Serafina, tem uma proposta nova: fazer um mix de pratos japoneses e italianos num lugar descontraído. Quanto ao nome, geiko significa gueixa. E san, como muitos sabem, é nada mais nada menos que desinência de respeito, tal como senhor, senhora…e por aí vai.


O cardápio é pra lá de diferente. Tem massa e sanduíche. No menu, você irá encontrar o tagilatelle al caviale que é uma massa feita de alga marinha com caviar ao melhor estilo italiano. Italiano??? Sim, italiano. Como já havia dito acima, o  Geiko mesclou bem os tipos de pratos e fez um casamento do Japão com a Itália. Mix total!!!

Tempura special di Geiko

Além disso, tem também o tempura speciale di Geiko (empanado de peixe, camarão e legumes fritos em azeite de oliva extravigem, servidos com sais temperados por limão-siciliano, limão-taiti, shissô, misso em pó e alga nori apimentada). Parece bom, né?! Achei bacana também o Cacciucco soba, uma massa em sopa de peixe e frutos do mar.

Cacciucco soba

Mas o que achei curioso mesmo foi o fato do restaurante também oferecer sanduíche. São eles: truffle salmon sandwich (recheado de salmão spicy, pepino, crocante de harumaki, trufa em lasca e azeite trufado), tuna sandwich (recheado de atum apimentado e trufa) e o herring sandwich (recheado de arenque com creme azedo). Ainda não conheço. Mas acho que é uma ótima pedida! Boa segunda-feira para todos!!! Serviço:
Geiko-san

Rua Haddock Lobo, 1416, Jardim Paulista, SP
tel: 011 3061 0150

Facebook:
https://www.facebook.com/pages/GEIKO-SAN/167105703452349?directed_target_id=0

Página 1 de 212